.

.

PAGINAS ESSENCIAIS DE ASSUNTOS INÉDITOS.

ESTAS MATÉRIAS ESTÃO COMPARTILHADAS COM ESTAS PAGINAS: http://www.recantodasletras.com.br/autores/edvaldobmelo http://teologia-divina.vilabol.uol.com.br// http://twitter.com/#%21/relator_edvaldo SOBRE POLÍTICA E OUTROS ASSUNTOS ACESSE www.buique-buicano.blogspot.com.br/
facebook.com/edvaldo.b.demelo

LIVRO: ...venha a nós o teu reino...

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

O CONVENIO...



Como referencial humano de SADABI, e por inspiração do mesmo ,digo:

NO CAPITULO XXV DO LIVRO QUE ESTOU A ESCREVER, LEIAM SOBRE O CONVENIO, E VEJA A AUTORIDADE DE QUEM ESCREVE.

 O complemento para este documento acima citado tem reflexo nesse segmento do documento que segue. O ETERNO faz um relato da história da raça humana no planeta terra que é fomentada pelo conjunto dos 666 que acionou a Teocracia cultural clandestina do sistema comum dos homens, e favoreceu em parte todo crescimento tecnológico do Planeta Terra. Houve o crescimento do mal, como também o crescimento do bem, que este bem não se compara com a evolução do bem do ETERNO que vai ser feito neste planeta a partir do ano 2040.
Esta dualidade que vem desde o primórdio das primeiras raças que habitaram o planeta Terra, e na pré-história na montagem do Jardim do Éden depois da tragédia manipulada pela serpente que intensificou este sistema dual favorecendo esta mistura do bem e do mal vivenciado pelo homem, até hoje. Esta dualidade com esta reforma planetária já está passando para o planeta Júpiter, e ao mesmo tempo a força e o poder do ETERNO vem transmitindo para o nosso planeta a unidade maior de uma energia uni-fase, atreves do ETERNO; e este SER MAIOR, já se denominou o pastor para um só rebanho, isto é, aqueles que derem credibilidade. Portanto, com esta reforma do planeta Terra no caminhar da evolução humana, só ficará na Terra o bem do ETERNO; em um sistema de transcendência da energia DIVINA uni-fase SOBERANA, unicamente para uma transculturação determinativa e exclusiva do nosso DEUS, que culminará para uma evolução constante da cultura oficializada pelo ETERNO.

Do relator Edvaldo.




Fazenda Porto Seguro, 25/ 02/ 97 - Buíque,  Pe.

O CONVÊNIO

Palavras do Eterno em resposta ao 666.

                1: Revendo toda a história do planeta terra, a raça humana sem dúvida evoluiu, mais junto com esta evolução, cresceu também a semente do mal, e se estendeu até os confins da terra.
                2: Alguns homens desenvolveram e se evoluíram no bem, esta força é um fato real nesta civilização e opera desde as civilizações pré-históricas. 3: Mais alguns homens em meio a grande massa terrena cresceram no mal e se comprazem nele. 4: São forças opostas que se digladiam, causando o desentendimento, a confusão e o distúrbio. 5: E afetam desde o campo político e social, até o religioso e filosófico. 6: Os resultados conflitantes dessas duas forças são percebidos fisicamente e estão visíveis nos desastres e catástrofes, mais afetam também o campo invisível e, são sentidos nos desconjuntamentos e desarticulações, nas atitudes infrutíferas e desastrosas da raça humana.
                7: O bem evoluiu, e o mal cresceu.  8: Já não cabem mais estas duas forças na terra. 9: Se, faz necessário um convênio de comum acordo entre as duas potências, ou a raça humana terá o desequilíbrio e o caos assolando a terra. 10: Uma atitude de exterminar o mal, e aniquilar os seus seguidores, contraria a bondade e justiça de meu filho Jeová, e tem a desaprovação de meu neto Jesus.  11: Isto causaria tamanho desarranjo e desequilíbrio mental e físico na raça humana, que se desencadearia uma guerra sem limites e proporções. 12: Uma guerra consumidora de seres físicos e extra físicos, onde o desfecho final seria o rompimento do planeta terra.
                13: A terra não pertence ao mal, e nem é um produto deste. Foi ela criada por Deus Pai Jeová, e seu filho Jesus. 14: A terra é, portanto um produto do bem, e assim sendo, já não ha lugar nela para o crescimento do mal, nem a proliferação do homem maligno. 15: O mal que aí está é produto do próprio mal e do homem maligno, por estar errado no lugar errado. 
                Um acordo será selado entre as duas forças. 16: Eu Eterno, Deus Pai Jeová, e Deus filho Jesus, assinaremos um compromisso de paz, e a não destruição do mal. 17: As três bestas que são mentores das atitudes malignas terão seu lugar garantido no planeta Júpiter. 18: Será dado o direito de posse sobre o planeta, em um tamanho equivalente a três vezes o tamanho da terra. 19: Cientes ficam, no entanto, de que: não poderão se estender alem do limite prescrito. 20: Júpiter tem aproximadamente dez vezes o tamanho da terra, poderá as bestas, e o mal que delas procede, com todos os seus seguidores, viverem nos limites de doação, não podendo se estender as sete partes restantes, e nem de lá migrarem para outro planeta, nem retornarem a terra.
                21: Neste propósito, é necessário que um homem terreno,  que esteja ligado à causa do bem, e a Divindade, assuma e assine a responsabilidade de um documento terreno. 22: E este homem, és tu Sadabi, homem confidente de Deus Jeová, e irmão do meu neto Jesus. 23: A responsabilidade que te dou te dou por te fazer merecer, sois de paz, de justiça, de retidão e fidelidade nas causas Divinas. 24: Toma da pena e subscreve teu nome, selando assim um dos mais importantes contratos já conhecido pela humanidade terrena. 25: A sumidade deste documento será também conhecido nos reinos e mundos invisíveis, para que todos saibam que sem julgamento, condenação ou execução, das forças malignas e de seus seguidores, o bem prevalecerá, e a terra será o paraíso dos homens, na companhia de Sadabi e proteção de Deus Jeová e seu filho Jesus. 26: E que assim seja por força e vontade do Eterno.
                27: Contrato de paz do Eterno, Deus Jeová, e Jesus. Em relação ao 666.

O qual assina na terra, o meu confidente Sadabi.